Estágio em órgãos públicos para estudantes de Direito



     

O curso de Direito é sem dúvida, um dos mais disputados nos vestibulares, porém, após ser aprovado no vestibular, o aluno se depara com mais e mais barreiras para iniciar a carreira.

O curso é extenso, com duração de 5 anos e são muitos livros a serem lidos, com isso, o estudante de Direito precisa sacrificar horas de sono estudando para conseguir acompanhar o ritmo do curso, porém, mesmo com tanto estudo, o índice de aprovação no exame da OAB é muito baixo, segundo o site Ultima Instancia. Dos 118.217 inscritos na 1ª Fase do IX Exame da OAB, apenas 19.134 candidatos foram aprovados em janeiro para a segunda fase do exame.

Porém, uma nova medida, que faz parte de mudanças discutidas entre MEC e OAB, promete reverter a situação. Os cursos de Direito de todo o país terão que, obrigatoriamente, oferecer estágio em Órgãos Públicos para alunos matriculados no curso.

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, acredita que experiência prática pode aumentar o índice de aprovação no exame da Ordem. Segundo Mercadante, "o pior caminho é alguém estudar, pagar faculdade e depois não ter direito de exercer a profissão plenamente".

Vamos torcer para que ele esteja certo e no caso dos estudantes de Direito, continuar estudando, para que no ao terminar o curso, possam exercer a tão sonhada profissão.

Por Allan Couto Martins