Vagas de Estágio na ONG Viração (SP)




A Viração, organização não-governamental que atua na área de comunicação, está com vagas de estágio abertas para estudantes cursando Comunicação Social – Jornalismo. As oportunidades são para trabalhar em São Paulo (SP).

O estagiário terá de dominar softwares de edição de texto, ter conhecimento em powerpoint e navegação na internet, ter noções de ferramentas de edição de imagens e possuir noções de redes sociais (Facebook, Twitter, Instagram, Flickr, My Space, etc). Também é necessário possuir uma redação de qualidade, ser criativo, estar antenado ao noticiário e ter flexibilidade no horário de trabalho.


Também é preciso que o candidato seja compromissado, conheça a Declaração dos Direitos Humanos, do Estatuto da Criança e da Convenção dos Direitos da Criança, bem como ser comprometido com os valores e princípios da empresa, possuindo espírito educomunicativo e empreendedor.

Além disso, é interessante que tenha conhecimentos em espanhol e/ou inglês, além de experiência anterior na vaga ou interesse de trabalhar com organizações sociais.

Na rotina de trabalho, as suas atribuições serão produzir notícias, auxiliar na atualização do site da agência e participar de coberturas educomunicativas de eventos. Com isso, é importante que o estagiário tenha capacidade analítica, redação impecável, proatividade para buscar e sugerir pautas e capacidade para trabalhar bem em grupo. Não há restrição quando a sexo masculino ou feminino do estagiário, local onde mora 


O regime de contratação oferecido pela Viração é uma bolsa-estágio no valor de R$ 950 ao mês, além de vale-tranposte (com valor a definir no momento da contratação). A carga horária de trabalho é de 30 horas semanais, sendo 6 horas por dia de segunda a sexta-feira.

Os interessados nas vagas devem enviar o currículo para o endereço eletrônico redacao@viracao.org (mencionando no campo assunto a sigla “Edital_ESTAGIO_2014”). Em anexo ao e-mail, é necessário que o candidato envie uma carta de motivação respondendo a pergunta "Por que quero colaborar com a Viração?".

Por Julio Abreu