Programa de Estágio Lafarge 2014 – Inscrições

  

  

Uma das maiores produtoras de materiais de construção do Brasil, a Lafarge, está recebendo inscrições para dar início ao processo seletivo do seu Programa de Estágio 2014.

O processo seletivo será destinado a preencher um número total de 13 vagas de estágio para diversas áreas de atuação. As contratações serão imediatas e de formação de lista de cadastro reserva para o início de 2015.


Para poder se inscrever no processo seletivo, é necessário que os candidatos estejam matriculados em uma instituição de ensino que seja credenciada com o MEC (Ministério da Educação) com previsão da conclusão da graduação até julho de 2016, nos cursos das áreas de Marketing, Administração, Pedagogia, Relações Internacionais, Comunicação, Direito, Engenharias (Civil e de Produção), Economia e Informática. Além disso, os estudantes precisarão apresentar os seguintes requisitos para a contratação: idade mínima acima de 18 anos, disponibilidade total de horários para trabalhar em um período mínimo de seis horas por dia, inglês em nível intermediário, boa relação interpessoal, boa comunicação e ser comprometido com a função.

Os contratados cumprirão um contrato de 12 meses consecutivos (1 ano), podendo ser prorrogado a partir de critério entre ambas as partes.

O processo de seleção consiste em etapas de análise de currículos, dinâmica de grupo e entrevista com o gestor da área de atuação de cada estagiário. Os pré-selecionados na fase de análise de currículos irão ser escalados para participar da segunda fase da seleção no mês de junho, que incluirá dinâmica presencial de grupo e a entrevista com o gestor da área.

  

Os aprovados para as vagas imediatas, serão convocados para atuar na sede da empresa, que fica localizada no Centro da cidade do Rio de Janeiro (RJ), a partir de agosto. Logo, os candidatos que forem sendo aprovados em última fase, ficarão na lista de cadastro reserva para a próxima chamada.

Os interessados poderão se inscrever através do site: www.lafarge.com.br.

Por Daniela Almeida da Silva