Vagas de estágio no TRT/17 (ES) 2015



As oportunidades são para estudantes de nível superior e as inscrições vão até 11 de maio de 2015

Mais uma grande oportunidade para estudantes que queiram ingressar no mercado de trabalho. Estão abertas as inscrições para o processo seletivo que irá formar quadro de reserva de nível superior para o Tribunal Regional do Trabalho da 17ª Região (TRT-ES). As oportunidades são para estudantes de diferentes cursos e períodos, os quais irão ser lotados nas unidades do TRT-ES.

Podem se inscrever estudantes dos cursos de Engenharia Civil, Engenharia Elétrica e Psicologia que estejam cursando a partir do 5º período; estudantes de Arquitetura, Ciências Contábeis e Direito a partir do 4º período; Administração, Jornalismo e Publicidade, cursando a partir do 3º período e estudantes dos cursos de Arquivologia e Informática, a partir do 2º período.



A seleção será de responsabilidade da empresa Super Estágios (www.superestagios.com.br). Interessados podem se inscrever na página da organizadora até às 18 horas do dia 11 de maio de 2015.

Para efetuar a inscrição, o interessado deve acessar o endereço, preencher o formulário, certificando-se de que preencheu todos os requisitos necessários. Não será cobrada taxa de participação dos concorrentes.



Lembrando que não poderão iniciar as atividades de estagiário os estudantes que estiverem a menos de doze meses da conclusão do curso e os que tiverem vínculo profissional ou de estágio com advogado ou sociedade de advogados.

As oportunidades são para estudantes das cidades de Vitória, Aracruz, Linhares, Itapemirim, Colatina, Guarapari, Cachoeiro de São Mateus, Afonso Cláudio, Nova Venécia e Venda Nova do Imigrante e nos Alegre e Mimoso do Sul.

As provas estão agendadas para o dia 31 de maio de 2015, em locais e horários a serem informados no site acima descrito.

De acordo com o edital e o Decreto n.º 3.298/99, o certame reserva 10% das vagas aos candidatos portadores de necessidades especiais. A validade do processo seletivo será de um ano, podendo ser prorrogado por mais um, se for do interesse do TRT-ES. 

Por Robson Quirino de Moraes

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *