Estágio ou emprego efetivo, como escolher?



     

Segurança e bons salários deixam os estudantes em dúvida na hora de escolher

Muitas vezes a primeira porta de entrada para o trabalho efetivo se faz através da realização do estágio em uma empresa. Sempre há essa dúvida por parte dos profissionais, ou seja, se começam pelo estágio e batalham por uma vaga futuramente, ou já se dedicam a encontrarem um emprego efetivo.

O estágio é considerado uma parte muito importante no desenvolvimento profissional, pois, através dele tem-se a oportunidade de adquirir experiência e entrar em contato direto com a atividade profissional para a qual está se especializando.

Através deste processo, muitos estagiários têm tido oportunidades dentro da própria empresa na qual estão trabalhando. Reforçando esse processo, muitas empresas também dão preferência pelos estagiários, pois os mesmos já estão habituados com a dinâmica da empresa, ou seja, automaticamente estão mais bem preparados para ocuparem uma vaga.

Para outros profissionais, a necessidade de efetivação é maior, por isso muitos optam por não focarem nesse momento do estágio e partem para uma vaga num emprego efetivo.

Essa escolha também tem sido uma constante na vida de muitos profissionais, por trazer mais segurança e estabilidade à carreira. O emprego efetivo vem com o objetivo de atender as necessidades, por isso há uma grande adesão por parte das pessoas.

Seja qual for a escolha, é importante que se tenha sempre o foco de continuar se aperfeiçoando e se capacitando continuamente para não ficar desatualizado no mercado de trabalho. Há uma grande necessidade de pessoas dinâmicas, capazes de solucionarem problemas e diminuirem conflitos, e o profissional com este perfil terá oportunidades de crescimento tanto fazendo um estágio ou como um empregado efetivo.

Observe as oportunidades do mercado de trabalho, com relação ao estágio, pesquise sobre a possibilidade de efetivação na empresa. Tratando de um emprego efetivo, verifique também sobre o plano de carreira da empresa na qual você está pleiteando uma vaga.Ter em mente as metas futuras fará com que o  candidato faça a escolha que mais se encaixa com o seu perfil.

Por Regiane Daniele de Jesus