Vagas de Estágio e Jovem Aprendiz no IF – 2022

O Instituto Fecomércio (IF) oferece 142 vagas de jovem aprendiz e estágio.

O Fecomércio, instituo que visa a integração entre empresas e escolas, está com diversas vagas em aberto para estágio e jovem aprendiz. É uma grande oportunidade para jovens estudantes e também jovens que estão encontrando dificuldade para ingressar no mercado de trabalho. O desemprego que hoje já é muito alto entre a população adulta brasileiro, entre os jovens é ainda maior. A falta de experiência é um dos fatores que mais dificultam a inserção desses jovens no mercado. Neste artigo você encontrará todas as informações e links necessários para se candidatar a essas vagas.

Conheça o processo

As vagas estão divididas em nível de exigências. De forma geral, para as vagas de jovem aprendiz, a carga horária é de 4 horas. Os valores das bolsas variam de R$ 515,00 a R$ 774,99. Já para os estagiários nível médio a carga horária varia entre 04hs e 06hs, e as bolsas auxílios de R$ 450,00 a R$ 850,00. Para estágio nível técnico, carga horária 6 horas e salários de R$ 500,00 a R$ 900,00. Estágios de nível superior, carga 6 horas com salários entre R$ 600,00 e R$ 1.164,00.

Os benéficos são os regulamentados para estágio de acordo com a lei específica.

O link para se candidatar a qualquer vaga é o https://www.institutofecomerciodf.com.br/vagas.

Conheça o Fecomércio

O Fecomércio é uma instituição que tem sua atividade focada em desenvolvimento de pesquisas e para integração de empresas e escolas e universidades. Ela pertence ao chamado sistema S do Governo Federal, sistema que também tem SESC e Senac.

A missão da instituição é trabalhar para o fortalecimento, crescimento e desenvolvimento sustentável das empresas e do empreendedorismo. A intenção é estreitar esse relacionamento a fim de produzir empregos e soluções que beneficiem a sociedade como um todo.

Leia também:  Programa de Estágio das Lojas Americanas - Inscrições

A dificuldade do primeiro emprego

Todo jovem sabe, encontrar o primeiro emprego é uma missão! Vários obstáculos se apresentam nesta busca. São falta de qualificação devido a condição financeira, um fraco network, a crise econômica e até nos últimos tempos a crise causada pela pandemia.

No intervalo de 2019 e 2020, os jovens brasileiros perderam renda e oportunidade de emprego e isso destacando que foi mais que a média da população (-18,1% vs. -11,20%). O desemprego entre os mais jovens pode ter consequências que podem durar durante toda a vida útil de trabalho. Isso pode impactar em salários mais baixos e a não capacidade de conseguir boas colocações.

O Governo Federal tem se esforçado no sentido de diminuir essa dificuldade. Em novembro de 2019 foi lançado o Programa Verde Amarelo. O programa promete diminuir o custo de cada funcionário para os empregadores e assim aumentar as oportunidades de emprego para jovens. Os incentivos são a Isenção total de contribuição previdenciária, o fim da contribuição do Sistema S e salário-educação, a diminuição da contribuição para o FGTS de 2%, em vez de 8% e a multa do FGTS por demissão de 20%, em vez de 40%.

Como podemos ver, “nem tudo são flores”. O programa pode aumentar a ofertas de empregos, porém retira direitos conquistados. A diminuição da contribuição do FGTS por exemplo, faz com que a segurança de uma reserva em possível dispensa diminua. E o apoio a instituições que fomentam as vagas para empregos e a formação de jovens, para que esses entrem no mercado de trabalho em condição de igualdade com todos, percam subsídios. A própria instituição que trata esse artigo irá perder com retirada da obrigatoriedade da contribuição do sistema S.

Precisamos encontrar soluções, porém sempre tomando cuidado com os direitos dos trabalhadores, conquistados através de muita luta. Temos que ficar atentos.

Leia também:  Estágio ECT-PA 2013

Por Cíntia Silva

Estágio

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *